91992091829

NO AR

Transito Livre

Com Janayna Santos

Regional Pará

Com um jogador expulso, Remo é goleado pelo Náutico-PE na Série C

Publicada em 27/05/24 às 11:27h - 6 visualizações

por Rádio Nativa FM 92.5 Irituia


Compartilhe
 

Link da Notícia:

 (Foto: Rádio Nativa FM 92.5 Irituia)

Remo foi goleado pelo Náutico-PE neste sábado (25), no Estádio dos Aflitos, em Recife. A equipe azulina perdeu por 4 a 1 e amargou a quarta derrota na Série C do Campeonato Brasileiro. Os gols do time alvirrubro foram marcados por Gustavo Maia, Paulo Sérgio (2) e Rafael Vaz. 

Com o resultado, o Remo segue com quatro pontos no campeonato e permanece na 14º posição da tabela. Sem a vitória, o Leão Azul se complica ainda mais na disputa e corre o risco de perder duas colocações ao final da 6º rodada. 

O próximo duelo do clube é contra o Sampaio Corrêa, no sábado (1°), em São Luis. No jogo, a equipe azulina já será comandada pelo técnico recém-chegado Rodrigo Santana, anunciado nesta semana

Já o Náutico voltou a vencer após duas derrotas seguidas. O time pernambucano somou mais três pontos e chegou a sete, ficando provisoriamente na nona posição do campeonato. O próximo adversário do Timbu é o São José–RS, na segunda-feira (3), em Porto Alegre.

Confira o lance a lance da partida  

 

Primeiro tempo 

O jogo começou complicado para a equipe azulina. Apesar de tentar equilibrar a partida nos minutos iniciais, o Náutico era mais eficiente e chegava com mais força no ataque. 

Mais confortável no jogo, aos poucos o Náutico impôs o seu ritmo e passou a controlar o duelo. O Remo não tinha uma boa organização e transição entre os setores e chegava sem perigo ao ataque. 

 

Gol

Melhor em campo, o Timbu abriu o placar aos 11 minutos do primeiro tempo. O gol alvirrubro saiu após cruzamento na grande área, a defesa do Remo tirou mal e a bola sobrou para Gustavo Maia. O atacante não desperdiçou a chance e chutou de primeira para fazer 1 a 0 para o time da casa. 

 

Expulsão 

Atrás do placar, logo após o gol, aos 13 minutos, o Leão Azul ficou com um a menos em campo. Sheldon aplicou um carrinho em Sousa, que estava em contra-ataque. O árbitro entendeu que o jogador foi nas pernas do adversário e não na bola e deu cartão vermelho direto para o zagueiro. 

Com a expulsão, o auxiliar Alan Ribeiro precisou fazer a primeira substituição do jogo. O comandante tirou o volante Adsson e colocou o zagueiro Jonilson para reforçar a zaga. 

 

Domínio 

Com um a menos, o Remo tentou se reorganizar, no entanto, ainda sofria para chegar com efetividade no ataque e para evitar o avanço do Náutico. A equipe azulina até assustou a defesa alvirrubra em alguns momentos. Em um dos lances, Ytalo partiu em velocidade e tocou para Pavani. O meia chegou batendo, mas a bola explodiu na zaga do Timbu. 

Logo em seguida, o Náutico teve uma ótima chance de ampliar o placar. A defesa do Leão Azul tirou mal e Gustavo Mais estava bem posicionado para chutar para o gol. Atento, Marcelo Rangel fez uma excelente defesa e salvou o Remo. 

A equipe pernambucana se postou melhor em campo. Mesmo com algumas tentativas do time azulino, não havia efetividade nas jogadas. Claramente, a expulsão de Sheldon foi sentida no Leão Azul. Marcelo Rangel fez defesas importantes para o Remo, o que impediu que o placar fosse maior.  

Por volta dos 32 minutos, os jogadores azulinos reclamaram de pênalti. Em uma tentativa de ataque, Paulinho Curuá recebeu na área e foi tocado pela defesa alvirrubra. O jogador caiu e reclamou com a arbitragem, que seguiu o jogo. 

 

Segundo gol 

Já nos acréscimos do primeiro tempo, Paulo Sérgio ampliou para o Timbu. Gustavo Maia fez jogada pela esquerda e tocou para Luiz Paulo. O jogador cruzou para o atacante, que bateu no canto de Marcelo Rangel. 

 

Segundo tempo 

Reação

Na volta do intervalo, Alan Ribeiro tirou Guilherme Cachoeira e colocou o meia Marco Antônio, em uma tentativa de tornar o time mais ofensivo. A ação deu certo. 

Logo aos três minutos, Helder avançou pela esquerda e fez um belo cruzamento para a área. Marco Antônio dominou a bola, tirou do zagueiro e chutou para o fundo da rede, sem chance de defesa para Wagner e marcando o primeiro gol do Remo no jogo. 

 

Resposta 

Assim, o Leão Azul iniciou a etapa final com mais fôlego. No entanto, o Náutico não demorou a responder. Aos oito minutos, Paulo Sérgio fez o terceiro para a equipe pernambucana. Gustavo Maia se enroscou com a defesa azulina na pequena área, Marcelo Rangel não conseguiu ficar com a bola e o atacante alvirrubro, autor do primeiro gol, estava atento ao lance e empurrou para fazer 3 a 1. 

O terceiro gol do Timbu foi um banho de água fria na reação azulina. A frente no placar, a equipe da casa voltou a controlar o jogo e diminuiu o ritmo. Sem criatividade e boas transições, o Remo pouco fazia. 

Autor do gol azulino, Marco Antônio até entrou bem no jogo. O jogador quase fez o segundo em chute cruzado. O meia recebeu um lançamento longo, ganhou do marcador e, sozinho, finalizou. A bola passou raspando a trave e foi para fora. As ações do Leão Azul eram pontuais. 

 

Virou goleada

Presença fixa no ataque, o Timbu fez o quarto gol aos 35 minutos do segundo tempo. Rafael Vaz recebeu a bola após cobrança de escanteio e bateu no ângulo da trave, sem chances para Rangel. 4 a 1 para o Náutico. 

Com o quarto gol, a equipe pernambucana selou a segunda vitória na Série C. O Remo não tinha poder de reação e nem tempo para tentar reverter o placar. No fim, a partida terminou com uma goleada de 4 a 1, que deu confiança para o Náutico e escancarou a fase ruim do Leão Azul.  

 

Ficha técnica

Náutico-PE 4 x 1 Remo

6ª rodada da Série C do Brasileirão

Data: 25 de maio de 2024
Hora: 17h
Local: Estádio dos Aflitos, Recife (PE)

Arbitragem: Fabiano Monteiro dos Santos (SP)
Auxiliares: Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP) e Evandro de Melo Lima (PE)
Quarto árbitro: Tiago Nascimento dos Santos (PE)

Gols: Gustavo Maia 11'/1T, Paulo Sérgio 47'/1T e 9'/2T, Rafael Vaz 35'/2T (NAU); Marco Antônio 3'/2T (REM)

Amarelos: Danilo Belão e Souza (NAU)

Vermelho: Sheldon (REM)

Náutico: Vagner; Danilo Belão, Rafael Vaz, Iran e Luiz Paulo (Diego Matos); Renato Alves (Marco Antônio), Souza, Andrey (Patrick Allan) e Cléo Silva (Leando Barcia); Gustavo Maia (Thalissinho) e Paulo Sérgio. Técnico: Mazola Jr.

Remo: Marcelo Rangel; Vidal, Ligger, Sheldon e Helder; Paulinho Curuá, Adsson (Jonilson) e Pavani (Matheus Lucas); Pedro Vítor (Ronald), Ytalo (Henrique) e Guilherme Cachoeira (Marco Antônio). Técnico: Alan Ribeiro (auxiliar)

 

Fonte: Aila Beatriz Inete/OLiberal

 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








.

LIGUE E PARTICIPE

91 99209 -1829

Visitas: 237890
Usuários Online: 37
Copyright (c) 2024 - Rádio Nativa FM 92.5 Irituia
Converse conosco pelo Whatsapp!